Sintomas de deficiência de vitamina B6

A vitamina B6, também conhecida como piridoxina, foi descoberta em 1934, pelo médico húngaro Paul György, estudando doenças de pele em roedores, embora tenha sido descoberta há quase 1 século, os cientistas ainda estão descobrindo novidades sobre essa vitamina.

É muito comum que as pessoas consigam obter a quantidade correta de vitamina B6 com a sua dieta diária, porém, em casos em que isso não ocorre, a suplementação ajuda a prevenir e evitar certos problemas que a sua deficiência causa.

Essas deficiências são mais comuns em pessoas que possuem outros problemas de saúde, como por exemplo, doenças renais, hepáticas, autoimunes e digestivas, fumantes, alcóolatras, obesos e mulheres grávidas¹,²,³.

A vitamina B6 está envolvida em mais de 150 reações enzimáticas. Essas reações estão ligadas ao processamento de proteínas, gorduras e carboidratos ingeridos. Existe também a ligação entre a criação de novas células nervosas e o sistema imunológico, , .

Pesquisas recentes mostraram que a vitamina B6 possuí funções anti-inflamatórias e antioxidantes, podendo desempenhar um ótimo papel na prevenção de doenças crônicas e câncer, , .


Mudanças de humor

A deficiência de vitamina B6 pode alterar seu humor gerando irritabilidade, depressão e ansiedade.

Por estar envolvida na produção de serotonina e o ácido gama-aminobutírico, que são substâncias extremamente importantes para a manutenção da sensação de bem-estar, que desregulados geram distúrbios como ansiedade e depressão.

Um estudo feito em autistas mostra que havendo a suplementação de vitamina B6 em sua dieta, houve uma diminuição de problemas comportamentais, entretanto, os cientistas ainda não conseguem identificar ao certo porque essa mudança de comportamento ocorre dessa forma ao se suplementar com essa vitamina, a suspeita é que isso ocorre por ela ajudar na produção dos neurotransmissores GABA(ácido gama-aminobutírico), serotonina e dopamina¹⁰.

Foram feitos outros estudos, em mulheres em TPM que se mostraram bastantes satisfatórios, mulheres que estavam suplementando de 50 a 80mg de vitamina B6 por dia tinham menos episódios de mau humor, irritabilidade, depressão e ansiedade durante seu ciclo pré-menstrual¹¹,¹².

Uma das razões para que a vitamina B6 pode estar ligada à essa melhora de humor, é pelo fato dela ajudar na produção de serotonina, que melhora o humor, mas ainda existem pesquisas em andamento para se saber se durante a TPM há uma perca de piridoxina no sangue, causando deficiência¹³, ¹⁴, ¹⁵.


Glossite

A glossite é uma doença que se manifesta pelos seguintes sintomas: língua inchada, dolorida, lisa, avermelhada ou inflamada, causando também problemas na fala, mastigação e deglutição.

É uma doença causada pela deficiência de ferro, vitamina B2, folato e também de vitamina B6.

Utilizando-se suplementação de vitamina B6 é possível reverter o quadro, caso ele seja causado apenas pela deficiência de vitamina B6¹⁶.


Lábios doloridos ou rachados

A queilose, uma doença causada pela alta exposição ao sol e também pela deficiência de vitamina B6, acomete principalmente trabalhadores braçais ou pessoas que ficam no sol por várias horas, seus sintomas são vermelhidão, inchaço dos lábios com o canto da boca rachado, em muitas ocasiões os rachados sangram.

Muitas vezes esses sintomas podem desaparecer com o uso de alimentos ricos em vitamina B6, a suplementação ajuda a acelerar o processo. Para manter os lábios saudáveis, é recomendável evitar que a deficiência da vitamina ocorra novamente.

Deficiências de ácido fólico, riboflavina, ferro e outros nutrientes podem causar essa condição, e fatores externos já mencionados acima¹⁷, ¹⁸.


Enfraquecimento do sistema imunológico

As deficiências de minerais e vitaminas como a B6 podem causar sérios problemas para o sistema imunológico, deixando o corpo mais suscetível a várias doenças, que incluem cânceres e infecções.

A deficiência de vitamina B6 gera uma redução na produção de anticorpos, incluindo células brancas e células T, que regulam e ajudam a combater infecções¹⁹.

A vitamina B6 auxilia na produção de interleucina-2, que é uma proteína que faz o direcionamento dos glóbulos brancos²⁰.

Pessoas que possuem doenças autoimunes muitas vezes precisam se suplementar com vitamina B6, porque seu próprio sistema imunológico ataca essa vitamina, causando sua deficiência³.


Erupções

A dermatite seborreica pode ser causada pela deficiência de vitamina B.

Essa dermatite pode ocorrer no rosto, pescoço, parte superior do tórax e no couro cabeludo. A pele fica com uma aparência oleosa e escamosa, podendo causar manchas brancas e inchaço²¹.

A vitamina B6 é responsável por metabolizar o colágeno, havendo a deficiência de vitamina B, essa proteína não é metabolizada pelo nosso organismo e ficamos com deficiência dela também, então apenas usando a suplementação de vitamina B6, caso a dermatite seja causada pela falta dessa vitamina, os sintomas sumirão rapidamente²², ²³.

Em alguns casos, pode ser necessário usar uma dosagem mais alta de vitamina B6 para sarar a dermatite, num estudo foi usado um creme facial de vitamina B6 e algumas pessoas observaram a melhora de seu quadro²⁴.


Letargia e falta de energia

A falta de vitamina B6 pode fazer com que você se sinta letárgico e com uma estranha sensação de cansaço.

Por ser uma grande auxiliadora na produção de hemoglobina -que são as proteínas das células vermelhas do sangue- responsáveis pelo transporte de oxigênio para as células, a deficiência de vitamina B6 causa sintomas de anemia, gerando essa sensação estranha.

Em um estudo feito com pessoas clinicamente anêmicas causada pela falta de vitamina B6, houve uma melhora rápida no quadro clínico dos pacientes²⁵.

A deficiência de vitamina B6 também pode acarretar no cansaço, pela falta da regulagem de um hormônio ligado diretamente ao sono, a melatonina²⁶.


Dor e formigamento nos pés e mãos

Um dos males da deficiência de vitamina B6 é a neuropatia periférica, doença que causa dor e desconforto nas mãos e nos pés, quem é acometido por ela sente a dormência dos membros periféricos, queimação e dor aguda, dando sensação de alfinetada e agulhadas, essas dores e desconfortos podem evoluir para problemas de equilíbrio e dificuldades em caminhar²⁷.


Alta homocisteína

A alta taxa de homocisteína -que é um subproduto da digestão da proteína- no sangue, causa sérios problemas de saúde que incluem AVC, doenças cardíacas e Alzheimer, isso acontece porque quando a homocisteína está alta, os nervos e vasos sanguíneos podem ser danificados, como a vitamina B6 é responsável por ajudar no processamento da homocisteína, sua deficiência causa um aumento desse composto²⁸, ²⁹, ³⁰, ³¹, ³².

Existem outros fatores que podem causar homocisteína, como falta de atividade física, problemas alimentares e ambientais, então tudo deve ser investigado antes de se começar um tratamento, procure um médico qualificado para tratar qualquer problema de saúde, para que o tratamento seja feito com a melhor eficiência e segurança possível.


Posts Relacionados

Ver tudo