Qual é o Objetivo do Sono

O sono é essencial para a nossa sobrevivência. Precisamos dormir assim como precisamos de comida e água. Não é à toa que passamos cerca de um terço de nossas vidas dormindo.


Muitos processos biológicos acontecem durante o sono:

  1. O cérebro armazena novas informações e se livra de resíduos tóxicos.

  2. As células nervosas se comunicam e se reorganizam, o que dá suporte ao funcionamento saudável do cérebro.

  3. O corpo repara as células, restaura a energia e libera moléculas como hormônios e proteínas.

Esses processos são essenciais para nossa saúde geral. Sem eles, nossos corpos não podem funcionar corretamente.


Restauração celular

A chamada teoria restaurativa, diz que o corpo precisa dormir para se restaurar. A ideia é que o sono permite que as células se reparem e cresçam novamente. Isso é apoiado por muitos processos importantes que acontecem durante o sono, incluindo:


Reparo muscular

Síntese proteica

Crescimento de tecido

Liberação de hormônio


Função Cerebral

A teoria da plasticidade do cérebro diz que o sono é necessário para o funcionamento do cérebro. Especificamente, permite que seus neurônios, ou células nervosas, se reorganizem.

Quando você dorme, o sistema glinfático (eliminação de resíduos) do cérebro limpa os resíduos do sistema nervoso central. Ele remove subprodutos tóxicos de seu cérebro, que se acumulam ao longo do dia. Isso permite que seu cérebro funcione bem quando você acorda.

A pesquisa sugere que o sono contribui para a função da memória, convertendo memórias de curto prazo em memórias de longo prazo, bem como apagando ou esquecendo informações desnecessárias que poderiam desordenar o sistema nervoso.

O sono é importante para muitos aspectos da função cerebral, incluindo:


Aprendizado

Memória

Habilidades para resolver problemas

Criatividade

Tomada de decisão

Foco

Concentração


Bem-estar Emocional

O sono é extremamente necessário para a saúde emocional. Durante o sono, a atividade cerebral aumenta em áreas que regulam a emoção, contribuindo para uma função cerebral saudável e estabilidade emocional.

Um exemplo de como o sono pode ajudar a regular a emoção ocorre na amígdala. Essa parte do cérebro, localizada no lobo temporal, é responsável pela resposta ao medo. É o que controla sua reação quando você enfrenta uma situação de ameaça percebida.

Quando você dorme o suficiente, a amígdala pode responder de uma forma mais adaptativa. Mas, se você não conseguir dormir , é mais provável que a amígdala tenha uma reação exagerada.

A pesquisa mostra que o sono e a saúde mental estão interligados. Por um lado, os distúrbios do sono podem contribuir para o aparecimento e progressão dos problemas de saúde mental, mas, por outro lado, os problemas de saúde mental também podem contribuir para os distúrbios do sono.


Manutenção de peso

O sono afeta seu peso ao controlar os hormônios da fome. Dentre esses hormônios está a grelina, que aumenta o apetite, e a leptina, que aumenta a sensação de saciedade após comer.

Durante o sono, a grelina diminui porque você está usando menos energia do que quando está acordado. A falta de sono, entretanto, eleva a grelina e suprime a leptina. Esse desequilíbrio deixa você com mais fome, o que aumenta as chances de você comer mais calorias e ganhar peso.

Em uma pesquisa¹, foi observado que a privação crônica de sono, mesmo com apenas cinco noites consecutivas de sono curto, pode estar associada a um risco aumentado de obesidade, síndrome metabólica e Diabetes tipo 2.


Função Adequada de Insulina

A insulina, um hormônio produzido pelo pâncreas, ajuda as células a usar glicose (açúcar no sangue) para obter energia. Mas quando ocorre a resistência à insulina, suas células não respondem adequadamente à insulina. Isso pode levar a níveis elevados de glicose no sangue e, eventualmente, diabetes tipo 2.

O sono pode atuar contra a resistência à insulina. Mantendo as células saudáveis ​​para que possam absorver facilmente a glicose. Além disso, o cérebro usa menos glicose durante o sono, o que ajuda o corpo a regular a glicose geral no sangue.


Imunidade

Um sistema imunológico forte e saudável depende do sono. Uma pesquisa mostrou que a privação de sono pode inibir a resposta imunológica e tornar o corpo suscetível a agentes infecciosos².

Quando você dorme, seu corpo produz citocinas, que são proteínas que combatem infecções e inflamações. Também produz certos anticorpos e células imunológicas. Juntas, essas moléculas previnem doenças, destruindo germes prejudiciais.

É por esta razão que dormir é tão importante quando você está doente ou está passando por um momento de estresse. Durante esses períodos, o corpo precisa de ainda mais células e proteínas do sistema imunológico.





Posts Relacionados

Ver tudo