Deficiência de Zinco

O Zinco é um mineral essencial e sua deficiência traz sérios problemas para a saúde, ele serve para combater infecções e produzir novas células. Ajuda na cicatrização de ferimentos e na criação do DNA das nossas células. Se você não estiver ingerindo esse mineral e seus níveis estiverem baixos, você pode enfrentar problemas como: queda de cabelo, diminuição do estado de alerta e perca da sensibilidade do paladar e do olfato.


Sintomas

O zinco serve para aumentar as suas funções imunológicas, fortalecendo seu corpo contra invasores e te protegendo, sua deficiência já é conhecida há várias décadas, e é sabido que pessoas com deficiência de zinco tem mais chance de serem atacadas por doenças oportunas, terem mais alergias e também aumenta o risco de morte¹.


• Diminuição do paladar e olfato

• Perda de peso sem motivo aparente

• Feridas que demoram a sarar ou não saram

• Diminuição do estado de alerta

• Diarreia

• Perda de apetite


Fatores de Risco

Grávidas devem se atentar se estão ou não com deficiência de zinco, pois seu bebê pode não ter o que precisa para o seu desenvolvimento².

Pessoas com deficiência de zinco são menos férteis e esse pode ser um dos fatores de baixa fertilidade, pois o zinco é responsável para o bom desenvolvimento do esperma no homem³.

Alcoólatras corre mais risco de desenvolverem deficiência de zinco pois em algumas pesquisas o álcool fez com que o zinco não fosse absorvido da maneira adequada.


Diagnosticando a Deficiência de Zinco

O zinco é absorvido em pequenas quantidades pelas nossas células, e isso faz com que sua identificação em um exame simples seja dificultada, se o seu médico acredita que você esteja deficiência desse micronutriente, ele poderá passar exames que se complementam para o diagnóstico: Plasma sanguíneo para uma leitura precisa, teste de urina e uma análise numa mecha de cabelo para saber se há a quantidade de zinco.

Muitas vezes a deficiência é causada por outros fatores além da falta de alimentos que contém zinco e o processo de quebra das partículas de zinco para serem absorvido pode estar ligado à deficiência.

Ele pode testar várias abordagens antes de saber o real motivo da deficiência.


Tratamento

Mudanças na alimentação

Um dos principais fatores para a deficiência de zinco é a má alimentação e não ingerir alimentos que contenham a quantidade diária necessária.

Alimentos ricos em zinco:

• Aves

• Carne vermelha

• Sementes

• Gérmen do trigo

• Arroz Selvagem

Vegetarianos podem ter um pouco mais de dificuldade de conseguir uma boa dose diária de zinco, mas tendo alimentos como castanhas, ervilhas e feijões, você conseguirá manter um bom nível de zinco nas células.


Suplementos

Você pode suplementar zinco com multivitamínicos e minerais, no mercado existem várias marcas e também podem ser manipulados em farmácias.

Caso você esteja se suplementando com zinco, avise seu médico, pois existem reações adversas com alguns tipos de antibióticos, diuréticos ou medicamentos para artrite.


Quando se deve contactar seu médico

Não é muito comum se ter deficiência de zinco, o problema mais sério são para as mulheres grávidas ou em período de amamentação, nesses casos é extremamente importante que você entre em contato com seu médico para ele te passar a suplementação exata, pois como falado anteriormente, a deficiência de zinco em grávidas atrapalha o desenvolvimento da criança.

Em casos de pessoas que tem diarreia persistente por vários dias e tem histórico ou sente os sintomas de deficiência de zinco, é importante que você entre em contato com seu médico, as condições são as seguintes:

• Sentir dor de cabeça repentina e que não termina

• Sentir tontura ou náuseas

• Ficar inconsciente


Conclusão

Mesmo sendo incomum, a deficiência de zinco pode trazer sérios problemas para a saúde, principalmente para a criança em desenvolvimento, porém, é uma deficiência de fácil reversão, pois existem muitos alimentos que são fontes de zinco e também existem muitos suplementos que ajudam a combater a deficiência.




Posts Relacionados

Ver tudo